Dicas pra Evitar Ficar Doente Durante a Viagem


A gente nunca sabe quando vai ficar doente, pode acontecer a qualquer momento. Inclusive durante aquela viagem que você planejou por tanto tempo pra que saísse tudo perfeito!

Mesmo sendo impossível prever, aqui vão alguns conselhos que vão te ajudar a evitar ficar doente durante a viagem.

Antes da Viagem


(Foto: Alexas)

1- Vacinas

Vacinar-se antes de uma viagem é uma grande ajuda na prevenção de doenças infecciosas. O tipo de vacina pra determinada viagem, depende principalmente da situação sanitária do lugar que você vai visitar, das doenças contagiosas que afetam o destino e do tipo de viagem (se é na selva, área rural etc). 


2- Contrate Seguro Médico 

Melhor prevenir que remediar, né! Essa dica é principalmente pra quem vai pro exterior. Nos fóruns de viagens há muitos relatos de gente que passou mal e teve que pagar os olhos da cara porque não tinha feito seguro. Pode ser que você nunca tenha que usá-lo (desejamos que não), mas vai que precisa... Fique atento ao que o seguro cobre pra não ter nenhuma surpresa desagradável.

3- Prepare um Kit Primeiros Socorros

Nesse kit, coloque remédios pra dor de cabeça, gripe e resfriado, dor de estômago e febre. Se for o caso, medicamentos que você tem que tomar no dia a dia. Leve uma lista com os nomes genéricos dos medicamentos. Repelente de insetos também é uma boa. Se você for alérgico a algum remédio ou substância, deixe isso bem claro também em alguma cartilha ou documento.

Durante a Viagem

A diarreia é o principal problema de saúde durante viagens, afetando de 10 a 50% dos viajantes. O termo diarreia do viajante define um grupo de doenças que é resultante da ingestão de água e alimentos contaminados por agentes infecciosos e que tem a diarreia como manifestação principal. O número de viajantes afetados ainda pode subir a até 80% no caso dos destinos de alto risco. Por isso, é bom ficar atento:


(Foto: Maxos-dim)


4 - Cuidado com a Água

Água contaminada é um grande perigo para os viajantes. O melhor é beber água de garrafa (que esteja lacrada) ou ferver a água antes de consumir. Leve uma garrafinha sempre com você. 

E sabe aquela deliciosa bebida refrescante que você toma à beira da praia, ou o whisky da balada? Podem ser nossos grandes inimigos por causa de um, aparentemente, inofensivo cubinho de gelo. Afinal, a gente não sabe com que água foi preparado. Melhor não arriscar suas férias, evite bebidas com gelo.

5- Cuidado com os Alimentos

Os cuidados que você deve ter são basicamente os mesmo cuidados que teria em casa. Evitar alimentos crus como mariscos, ovo e leite.  Evitar comer comidas que estejam muito tempo expostas, como é o caso dos self-services e comidas de ambulantes. Ainda me lembro quando comi uma coxinha de um ambulante, no último dia de praia. A viagem de volta foi beeeeem desagradável pra mim e para os outros passageiros. Que vergonha só de lembrar! E sempre lave as mãos antes das refeições.

Além disso, mudanças no estilo de alimentação podem te afetar com algum problema estomacal. Por isso, moderação quando for provar aquela comidinha asiática!

6- Atenção ao Meio-ambiente

Imagino que antes da sua viagem, você tenha feito uma pesquisa sobre o destino e seus perigos. Mas esteja atento aos lugares que você frequenta.

(Foto: Risolnav)


Quando for nadar - muitas doenças são transmitidas através da água parada de lagos e lagoas que podem estar contaminadas com protozoários, bactérias e todo esse reino animal invisível aos olhos, além de coliformes fecais e produtos químicos. 

A areia também pode ser um problema, se está contaminada com o parasita conhecido como bicho geográfico. Com cuidados simples como usar chinelo e sentar em esteiras ou cadeiras já dá pra tentar evitar que uma possível larva penetre na pele. Uma dica que sempre tento colocar em prática e que aprendi com o maridão, é ficar na parte da areia onde a água chega na maré alta, pois se supõe que é uma areia mais limpa.

Animais - Outro problema nas águas, são os animais que podemos encontrar como cobras em rios e águas-vivas no mar. E se você for fazer montanhismo ou for pra uma zona rural, é bom ficar atento também. Examine roupas e calçados antes de vestir-se. Não vai querer se mordido por um escorpião escondido dentro do sapato.

E use roupa adequada para cada situação. Um exemplo é o de usar botas altas e resistentes se for pra lugares onde podem haver cobras.

(Foto: takesomeart)

Depois da Viagem

Algumas doenças não se manifestam imediatamente, podendo aparecer muito tempo depois do seu regresso. Se tiver que ir ao médico, avise-o por onde você viajou nos últimos 12 meses.


Esses são só alguns conselhos pra que você possa se precaver e desfrutar da sua viagem ao máximo.  Leia bastante sobre o destino, peça dicas em fóruns e páginas de viajantes e entre nas páginas oficiais de turismo do destino. Mas não precisa ficar neurótico, são só precauções. Divirta-se e descanse muito!

  




4 comentários

  1. Oi Lidiane! Achei esse post demais! Super importante mesmo para quem vai viajar. Eu sempre falo do seguro viagem também, para alertar as pessoas caso algo aconteça. Como diz o ditado: melhor prevenir do que remediar, né? Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, prevenir com um seguro pode salvar a vida da pessoa, mesmo!! Acho que pouca gente necessita usá-lo, mas vai que a pessoa é a "sortuda" que presisará de um! Bjin :D

      Excluir
  2. Eu tive a "sorte" de ter dengue na Europa. Uma outra dica então: evitar áreas de risco nas semanas que antecedem a viagem, porque o negócio fica encubado e os sintomas só aparecem dias depois, quando você já está em outro país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima dica, obrigada!! Temos que ficar atentos ao "antes" também! Nossa, sacanagem. Tomara que não tenha te atrapalhado muito na viagem ou que você tenha aproveitado pelo menos un pouco. Abraço

      Excluir

Back to Top