FMM Sines - O Maior Festival de "Músicas do Mundo" de Portugal

Apresentação dentro do Castelo. (Foto: Mário Pires)

Com a chegada do calor na Europa, que vai mais ou menos de abril a setembro, chegam também muitas festas e festivais. É tanta variedade que fica até difícil decidir em qual ir.

Sugiro um festival que fez parte da minha vida em Portugal e que me traz boas recordações: Festival de Músicas do Mundo de Sines – FMM Sines.

FMM – Sines


O Festival de Músicas do Mundo de Sines é o maior desse estilo organizado em Portugal e considerado pela revista Songlines como um dos melhores do mundo.

O FMM foi criado em 1999 pela Câmara Municipal de Sines, que queria valorizar o Castelo, local de nascimento do navegador Vasco da Gama.

O festival foi crescendo e atualmente, além do Castelo de Sines, a Praia Vasco da Gama e o povoado de Porto Covo também recebem apresentações.

A intenção do FMM é mostrar a diversidade das expressões musicais do mundo, então pode ir preparado pra escutar diferentes estilos: jazz, tango, blues, folk, música alternativa... às vezes, tudo-junto-misturado! Do Brasil, já tocaram nomes como Tom Zé, Hermeto Pascoal e Graveola e o Lixo Polifônico, que este ano tocará como Graveola.

E além dos shows, a programação inclui animação de rua, ateliê de construção de instrumentos musicais, conversas com artistas e visitas guiadas aos bastidores, sessões de contos, iniciativas para bebês e crianças e feirinha de livros e discos.

Já fui três anos seguidos e costuma ser um festival muito bem organizado, com apresentações empolgantes num entorno diferente e bonito, com uma pegada meio hippie, paz e amor!

Largo Poeta Bocage

Onde e Quando Acontece?


- 22 a 24 de julho de 2016 – Porto Covo

Largo Marquês de Pombal – Entrada Gratuita

- 25 a 30 de julho de 2016 – Sines

Castelo – Ingressos entre 10 e 20€ (há também passaportes para 2 ou 4 dias). Os shows das 18h45 são gratuitos.

Avenida da Praia Vasco da Gama – Entrada Gratuita

Largo Poeta Bocage – Entrada Gratuita

Centro de Artes de Sines – Ingressos entre 5 e 10€

Apresentação na Praia de Sines (Foto: Mário Pires)

Onde Ficar?


A região tem pouca oferta hoteleira, mas pra mim, isso é um dos charmes da região e dá um espírito aventureiro ao festival. E assim se vive realmente o Alentejo, sem grandes cadeias hoteleiras que são iguais em toda parte.  

É tradição ficar em áreas de camping (parques de campismo), mas infelizmente, o Parque de Campismo de Sines está abandonado. Mesmo assim tem gente que acampa por lá. (Tenho espiãs! Obrigada J e S hahaha) Só que não há nenhuma infra-estrutura (por exemplo, banheiros). Uma pena! Tenho ótimas lembranças do campismo cheio de hippies e mochileiros! Parece que agora tem um acampamento organizado pelo festival em umas barracas muito fashion, mas não sei se vale a pena, se é caro, se é bom...


Há quem durma na praia! Se for fazer isso, leva blusa de frio porque é verão, mas à noite tá fresquinho.

Como chegar?


O calcanhar de Aquiles do festival é o transporte. Sines está cerca de  160 Km. ao sul de Lisboa. O horário dos ônibus (autocarros) de/para Sines é escasso, e uma viagem que de Lisboa pode ser feita em 1h30 em carro, demora quase o dobro em ônibus (autocarro).

Outro problema: Se chegar a Sines é um pouco difícil por causa do transporte público, chegar a Porto Covo dessa forma é mais difícil ainda. Porto Covo está a 13Km. de Sines e os autocarros são ainda menos freqüentes.

Como o festival é um evento público, realizado pela Câmara da cidade, acho que eles podiam dar mais atenção a essa questão. Resolveria também o problema dos alojamentos, já que facilitaria pra quem quer fazer um bate volta.

A dica é: vá de carro! Assim você vai ter liberdade pra conhecer várias praias e cidadezinhas da região.

Empresa de ônibus (autocarro) que atende a região: Rede Expressos

O que fazer além de ir ao FMM-Sines?


O festival acontece em Sines e Porto Covo, cidades que estão no Alentejo. E o Alentejo está entre Lisboa e a região do Algarve. Ou seja, tem muita coisa legal pra ver. Mas se quiser ficar só por Porto Covo e Sines, dá pra fazer um ótimo passeio.

Porto Covo

O povoado pesqueiro com pouco mais de 1000 habitantes com certeza é o que podemos chamar de pitoresco!

É bem agradável dar um passeio pelo Largo Marquês de Pombal e pela rua Vasco da Gama, cheia de restaurantes com boa comida e casinhas pintadas de branco e azul.

Sem falar nas praias! A edição francesa do Huffington Post de julho de 2015 considerou que as praias de Porto Covo estão entre as 10 mais bonitas do mundo.

Ah, tem a Ilha do Pessegueiro lá pertinho, já até escrevi sobre ela, dá uma olhada!  

Principal rua de Porto Covo - e lá se vão uns aninhos! Detalhe para o petisco (que eu não comi): caracóis.

Sines

Terra do Vasco da Gama, além de ir ao festival, você vai querer conhecer um pouco mais da cidade, não é?!

- Pois ali mesmo, na mucuva onde acontecem as apresentações, está o centro histórico.

- Visitar o Porto de Pesca e ver o lindo trabalho dos pescadores.

- Visitar o Tesouro de Nossa Senhora das Salas, na igreja de mesmo nome.

- Praias há para todos os gostos. De águas tranqüilas como a Praia de Sines ou mais turbulentas e perigosas, como as praias da Costa do Norte. As águas são frias em toda a costa portuguesa, mas na praia de São Torpes há um lugarzinho morno, onde é jogada a água de um complexo energético.

- E come-se bem em todos os lugares. Sugestões: pra quem quer carne, Restaurante O Castelo; pra quem quer peixe, A Restinguinha; de tudo um pouco, Restaurante Mar Vermelho, com destaque para o choco frito e a espetada de lula.

Eu e meu amigo Vasco da Gama, em frente ao Castelo de Sines.

Outros lugares que gosto muito na região são a Lagoa de Santo André e as cidades de Vila Nova de Milfontes e Melides. 

E pra quem quer seguir viagem em direção ao sul de Portugal, confere as dicas do blog Contramapa de 10 Melhores Praias da Costa Vicentina .

Pra conhecer tudo sobre o FMM-Sines, acesse a página oficial, aqui.




Vai visitar Portugal? Planeje sua viagem com nossos parceiros!

 - Roteiro de 7 dias por Lisboa
 - Pesquisar Hotéis

Nenhum comentário

Back to Top