Passeio pelo Principado de Andorra


Andorra é um pequeno principado soberano situado nos Pirineus, e faz fronteira, ao sul, com Espanha e ao norte, com a França.

Sexto menor país do mundo, é o que tem uma das maiores expectativas de vida da população, com média acima dos 80 anos.

A língua oficial é o catalão, mas nas ruas é muito falado também  o espanhol, o português e o francês, devido aos estrangeiros dessas nacionalidades que vivem no país.

Entramos no principado pela estrada espanhola e a paisagem é bem bonita, com muitos bosques, lagos e rios. Algumas vezes a estrada passava entre duas montanhas, cada vez mais altas à medida que chegávamos à Andorra. Bom, como esse ano foi de inverno prolongado e grande acúmulo de neve nos Pirineus, com o degelo agora no final da primavera, e ainda com chuvas muito fortes, estão acontecendo muitas inundações na região. Em certas alturas as águas do rio cobriam a copa das árvores e estavam bem turvas, com muitos destroços.








Santuário de Meritxell, em Canillo, onde se pratica o culto à padroeira de Andorra, a Virgem de Meritxell.

Há um controle na fronteira, mas muito simples, só com verificação de documentos.
O controle da volta é dividido para quem tem que declarar alguma compra e quem não tem. Nós não tínhamos e foi super simples a travessia, mas vimos uma Fiorino que estava no mesmo controle que o nosso ser parada.

Andorra é conhecida pelo Turismo, sobretudo no inverno com suas pistas, parques e resorts de esqui, e pelo status de paraíso fiscal, além da isenção de impostos de muitos produtos.

E a primeira impressão chegando à capital, Andorra-la-Vella, é de que estamos em um imenso shopping a céu-aberto.

Lojas e mais lojas e mais turistas e mais shoppings
Mas, sinto lhes dizer: o que a princípio pareceria o céu para qualquer consumista compulsivo (o que não é meu caso!), tornou-se uma decepção. Os famosos preços de Andorra não são muito diferentes dos de outros lugares da Europa.
Infelizmente, os únicos produtos que se notavam mais baratos, são os grandes vícios da humanidade: o tabaco, a bebida alcoólica e… o chocolate (isso, felizmente!). Ah! A gasolina e o diesel também!
O lugar mais barato foi o supermercado Andorra 2000.



Toda feliz com o chocolatão!

A cidade estava cheia de gente, mas parece que a temporada alta é mesmo no inverno, com as estações de esqui.
Num sábado depois das 23h30 foi difícil encontrar um barzinho.

Principal avenida num sábado às 23h30, Av. Meritxell

Tudo é bem pertinho, até as outras cidades. Há em Escaldes- Engordany (ao lado de Andorra-la-Vella) uma estância termal, o Centro Termolúdico Caldea, considerado o maior da Europa em montanha.
Fomos só tomar um café, porque o preço é salgadinho: 34€ só a entrada, por 3 horas. Se você quiser algum dos tratamentos ou atividades, tem que pagar mais. Aqui está o link do Balneário Caldea.
Eles têm também uma cafeteria no alto da torre, com vista panorâmica, mas no dia em que fomos estava fechada.



Projeto de expansão do Balneário.

Rio Valira e à direita, a torre de Caldea.

Vista da cafeteria do Espaço Termolúdic


Restaurantes há muitos também, de diferentes estilos e preços. Fomos a um que tem como tema decorativo o Rei Arthur, se chama Excalibur. Muito agradável, amplo, preço normal e os funcionários bem agradáveis.


Noblesse du Temps: Obra de Salvador Dalí, com 4,90 m. de altura em Andorra-laVella. A escultura pertence à série de relógios derretidos, criadas pelo escultor para representar o passo e o domínio do tempo sobre a humanidade.

Rio Valira

Festa na rua com umas super Paellas

Imagino que tem muita coisa para fazer em Andorra, ainda mais se é um amante da natureza, mas em um dia e meio, e sem conhecer nada, não vimos muita coisa diferente. Valeu a experiência, mas no inverno que deve ser bom, com mais atividades.

(Só mais uma coisinha aqui entre nós: cuidado, porque eles conduzem como loucos, faziam cada ultrapassagem, que meu coração vinha à boca rsrsrsr)





Para variar um pouco, segue uma receita que vi na Internet de:

Truta à Andorrana
Ingredientes:
-         Truta de rio
-         Farinha
-         2 fatias de presunto ibérico (o famoso jamón). Na falta de um, eu faria com bacon (mas isso descaracterizaria o prato!)
-         Azeite ou banha
-         Sal
-         Pimenta

Modo de preparo:
Tempere a truta com sal e um pouco de pimenta e passe-a na farinha. Em uma frigideira, frite o peixe na banha ou azeite. Já frito, reserve-o em um prato. Na mesma frigideira, frite o presunto picado. Depois de frito, jogue-o por cima do peixe. Agora, manda brasa!!
(o que eu comi levava também com o presunto creme-de-leite)







2 comentários

  1. Legal@ Estive em Andorra no inverno (2014/15) e é muito bom! Contei um pouco da minha viagem e do Principado no meu blog também! http://algomaisassim.blogspot.com.br Abraços e parabéns pelo post. Simplesmente fantástico!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela visita! Bacana seu blog, bem explicado e com informações variadas!

    ResponderExcluir

Back to Top