Ações de ajuda às vítimas de Mariana/Rio Doce

https://www.flickr.com/photos/fotosagenciabrasil/22850422275/in/photostream/

No dia 5 de novembro de 2015, a avalanche gerada em Minas Gerais pelo rompimento  de duas barragens de rejeitos da mineradora Samarco, controlada pela Vale e pela australiana BHP, causou danos irreversíveis ao meio-ambiente, à economia local e principalmente, destruiu vidas e lares.

62 milhões de metros cúbicos de lama, possivelmente tóxica, destruiu completamente o povoado de Bento Rodrigues, no distrito de Mariana e pavimentou os cerca de 500 km. por onde passou, sendo ainda difícil calcular o real impacto causado no ecossistema às margens do Rio Doce, em Minas e no Espírito Santo, sem mencionar que não se sabe que danos causará na vida marinha.

A ajuda às vítimas desse crime ambiental será necessária em várias frentes, mas num primeiro momento, a falta de água é o problema que mais afeta as cidades banhadas pelo Rio Doce.  

A Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem (RBBV), da qual o nosso blog faz parte, está promovendo ações em solidariedade às vítimas.

Uma das ações consiste em uma “Vaquinha” para a compra e distribuição de água mineral ou outras necessidades urgentes. Você também pode ajudar, fazendo sua doação até o dia 30/11/2015, na página: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajuda-as-vitimas-da-tragedia-de-mariana-rio-doce
Qualquer quantia é bem-vinda!

Com o objetivo de fomentar o turismo na região, estão sendo divulgados na página da RBBV o relato de vários blogueiros membros! O centro histórico de Mariana não foi afetado, visitá-la também é uma maneira de ajudar a economia local.

Para mais informações sobre a campanha, visite o site www.rbbv.com.br e acompanhe a hashtag #UmAbraçoEmMariana nas redes sociais

Se cada um ajudar da maneira que puder, já diminuiremos o impacto negativo na vida dessas vítimas.


Que Mariana e o Rio Doce não caiam no esquecimento!



* Fotos - (Antonio Cruz/Agência Brasil)

Nenhum comentário

Back to Top