Feria de Abril - Guia pra Aproveitar a Feira de Sevilha

feira sevilha

Feria de Abril de Sevilha é uma festa popular que mistura a dança, o canto, a tradição taurina e a gastronomia com estilo bem andaluz: muita cor e alegria!

Durante mais de uma semana, as atenções saem do turístico centro de Sevilha e se voltam para o bairro Los Remedios, onde milhares de casetas, parque de atrações e estacionamento são montados num espaço de 1.000.000 m2, para formar uma das maiores festas da Espanha.

Adoro festas típicas e essa foi minha primeira participação nessa festa gigante! Como tem muitas particularidades, vou tentar explicar um pouco o clima da Feria.

Por exemplo: não é uma festa pra atrair turistas, é uma festa para os sevilhanos! Pra entrar na grande maioria das casetas, tem que ser convidado ou sócio.

Não conhece ninguém e tá com vontade de ir? Calma, tem algumas casetas públicas. E passear pela feira é grátis, também será uma uma ótima experiência.

feira sevilha


1ª Edição

A primeira edição da Feria aconteceu em 3 dias de abril de 1847 como uma feira de gado, organizada pelo vasco José Maria Ybarra e pelo catalão Narciso Bonaplata. Com o passar dos anos deixou de ser um evento de comercialização de gado para uma festa popular com grande participação das famílias sevilhanas.

Onde e Quando 

Feria de Abril acontece desde 1973 no bairro Los Remedios, numa área de 450.000 m2 chamada Real de la Feria.

A festa começa duas semanas depois da Semana Santa, com a noite do pescaíto frito (peixe frito) e é seguida pelo alumbraoa inauguração oficial em que são acesas todas as lâmpadas da feira. Vai até a seguinte semana, quando são apagadas todas as luzes. 

feira sevilha

As Casetas e as Ruas

As mais de mil casetas são a alma da feira hoje, locais onde há comida, bebida, dança e música. No começo de tudo eram espaços para fazer negócios, compra e venda de gado. Como comentei antes, há algumas que são públicas, mas pra entrar na grande maioria, tem que ser sócio ou convidado de alguém, pois elas são praticamente familiares.

As casetas não são bares, são a extensão da casa de um sevilhano, que tem que esperar até 20 anos pela concessão municipal.

Por isso se diz que a Feria de Abril é uma festa para os sevilhanos. Pra se ter uma ideia, pra participar de algumas, cada integrante paga uns 700€ por ano. Dependendo da hora e se vão poucas pessoas (e se você for cara-de-pau hehehe), pode pedir pra entrar na caseta de alguma associação ou até mesmo numa particular. Eles costumam deixar com prazer.

feira sevilha
Muita dança e música numa caseta particular
feira sevilha

Fomos convidados por uns amigos dos meu cunhados (obrigada a eles e aos meus cunhados!!) e foi maravilhoso! É um ambiente muito alegre e colorido, todos nós dançamos mesmo sem saber hahahaha Tudo era festa!

Andar pelas ruas também é lindo! Muitos cavalos e carruagens enfeitados passeiam durante o dia. Somente esse meio de transporte é permitido no local. E pra gente atravessar a rua, tem que ser na base da coragem, do "ou vai ou fica", ou contar com a boa vontade de algum cocheiro pra parar a carroça. 

Os cavalos podem circular só de 12h às 20h, então andar pela feira durante a noite é como se fosse outro passeio. Igual de lindo, sem cavalos, mas com muitas luzes!

feira sevilha
Caseta Pública
feira sevilha

feira sevilha

O Que Vestir 

Outro assunto muito importante e que tem alguns pontos pra serem seguidos e levados a sério!

Mulheres:

Mulheres vão vestidas de flamenca ou com roupa normal, mas muito bem vestidas.

Não é uma fantasia, é melhor ir bem vestida com roupa normal do que mal vestida de flamenca.

Cada ano tem uma moda de vestido e de cabelo. Este ano a moda era vestido com manga e babados e cabelo partido (sem pentear todo pra trás). Há mulheres que gastam um dinheirão e compram um vestido pra cada dia.

Claro que pra um turista ou alguém que vai uma vez na vida não vale a pena gastar muito nem ficar atenta a detalhes. Tem coisas na vestimenta que só uma sevilhana vai saber.  O que aconteceu comigo: eu bem achando que tava abafando e cometi gafes com meu xale. 🙈 Descobri que estava mal colocado e com as franjas sem passar. Que vergonha! 😂 Cada detalhe é bem pensado.

Tem até casinhas com costureiras prontas pra dar aquela consertada em alguma roupa que perdeu um fecho ou botão.

feria de abril
Eu, meu xale tortinho e meu rebujito

Homens

Os homens que querem ir seguindo a tradição, devem ir com traje esporte-fino ou com traje social. Somente os homens que vão à cavalo e as crianças é que vestem a roupa típica, chamada corto. Eles têm a vida mais fácil!


feria de abril
Homens à cavalo vestem o "corto"

feira sevilha

Comes e Bebes

Cada caseta providencia seu menu, que costuma ser farto. Se você não tiver onde comer, os bares e restaurantes no bairro Los Remedios ficam abertos. Na feira tem também uns quiosques do tipo que vendem batata-frita e algodão-doce. 

As bebidas típicas são os vinhos da região - fino de Jerez e manzanilla de Sanlúcar de Barrameda - e o rebujito, um tipo de vinho branco misturado com sprite, e claro, a cerveja autóctone Cruzcampo.

Na feira não é bem visto embebedar-se, bebe-se pra ficar "alegrinho".

Uma tradição da feira é passar no Patio de las Buñueleras e comer um buñuelo (parecido ao nosso "sonho") com chocolate quente. Fica bem perto da portada (a entrada) na rua Manolo Vázquez. Nessa praça você vai poder sentar-se numa mesinha e repor as energias, além de poder ver as ciganas preparando o doce bem ali na rua.

feira de sevilha

feira de sevilha

feira de sevilha

Calle del Infierno

Outro lugar típico da Feria de Abril é a Calle del Infierno (rua do Inferno). Nesse local está o parque de diversões. O nome pode assustar um pouco, mas foi dado por causa do barulho que vem de lá. Há atrações para todos os gostos e idades, mas dependendo do humor (ou mal-humor) de cada um, o nome pode ser apropriado.


feira sevilha
Calle del Infierno

feria de abril
Calle del Infierno vista de uma roda-gigante.

Como Chegar

Desde o centro dá pra ir andando. Por exemplo, pra ir da Torre del Oro até a Feria, são mais ou menos 2,5km, uns 20 min. de caminhada.

Outra opção é usar o metrô e descer na estação Blas Infante e entrar na feira pela parte de trás na (rua) Calle del Infierno. Foi o que nós fizemos. O único inconveniente, é que dependendo da hora é complicado conseguir entrar no metrô de tão cheio que pode ficar, principalmente nos fins-de-semana. Tentamos pegar o metrô por volta das 13h30 e estava lotado, era a hora que as pessoas queriam chegar na feira pra tomar alguma coisa e almoçar. O que fizemos foi almoçar onde estávamos e pegar o metrô por volta das 16h30. Foi tranquilo a esta hora.

Há também um estacionamento nos arredores, com ônibus gratuitos que levam até o local da feira.
Pra maiores informações, consulte o site http://www.aussa.es




Portada

Cada ano há uma portada diferente e a deste ano (2017) homenageia os 25 anos da Expo 92 e os 400 anos de nascimento do pintor sevilhano Bartolomé Esteban Murillo. A portada tem 39 m. de altura por 50 de largura e 25.000 lâmpadas.

feria de abril portada

feira de sevilha


Pra finalizar...

É muito fácil perder-se entre as milhares de casetas que parecem idênticas, ruas cheias de gente, carroças e cavalos. Perto da portada (a entrada principal) há uma caseta de informações que distribui mapas da Feria. É bom também marcar um ponto de encontro.

No caso das criaças perdidas, há uma caseta perto da Calle del Infierno para onde são encaminhadas.

Bom, é isso! Amei a experiência, é tudo lindo, colorido e animado! Por mim me vestiria de flamenca todos os dias!! 

Ah, mas tem uma coisa que ajudou: o clima no dia que fomos estava muito agradável. Se é um dia muito quente ou com chuva, pode ser que eu mudasse de opinião. 

Para maiores informações sobre a Feria de Abril, visite a página http://feriadesevilla.andalunet.com/

Nenhum comentário

Back to Top