Onde Ver Flamenco em Sevilha?

flamenco em Sevilha

O flamenco é um cartão de visita não só de Sevilha, mas de toda Espanha, já que é a imagem que o turista tem do país. Mas o berço do flamenco é a região da Andaluzia e ver um espetáculo é praticamente obrigatório pra quem visita sua capital Sevilha.


O flamenco faz parte do dia-a-dia do sevilhano, há muitos artistas de rua, há muitas rodinhas de amigos nos bares cantando e dançando flamenco (no melhor estilo rodinha de samba!), muitas escolas de dança, muita música na televisão local... mas, o sevilhano não frequenta esses espetáculos de flamenco pra turista ver, que são mais comerciais e caros.

flamenco em Sevilha

Então, quais as possibilidades de ver um bom espetáculo flamenco que não seja só "pra inglês ver" e que atenda também o gosto do espectador mais entendido ou apaixonado?

Perguntando e lendo um pouco, deixo uma lista de lugares onde mais ou menos se respeita a cultura flamenca e que são frequentados tanto por sevilhanos quanto por turistas, iniciando com minha experiência no Museu del Baile Flamenco. Esse e a Feria de Abril foram realmente os únicos lugares em que estive, os outros foi só de "ouvir falar", mas já dá pra ter uma ideia de onde ir.


Museu del Baile Flamenco

O museu mistura a história do flamenco com exposições interativas e apresentações de música e dança. É uma iniciativa da famosa bailaora Cristina Hoyos.

No dia que fomos havia praticamente só estrangeiros, mas como é um lugar pequeno, foi uma experiência bem legal sentir e ver bem de pertinho as emoções dos bailaores e cantaores (como são chamados os dançarinos e cantores de flamenco). O museu funciona num prédio do séc. XVIII em um dos bairros mais charmosos de Sevilha, o bairro Santa Cruz.

O espetáculo acontece de duas a três vezes por dia, teve duração de 1h e foi lindo. Foram 2 cantaores, 1 tocaor e 3 bailaores que se revezavam e dançaram 5 músicas. Apesar de não entender nada de flamenco,  gostei muito!

O museu é pequeno, há peças e trajes clássicos, exposições e alguns vídeos que contam a história do flamenco. Não vi em detalhes porque o ar condicionado do prédio estava estragado. Imagina o calor de 45 graus lá fora, e nós em um prédio pequeno cheio de gente! O preço também achei caro: 20€ só o espetáculo | 4€ só o museu | 24€ os dois.

Informações: http://www.museoflamenco.com/

flamenco em Sevilha


flamenco em Sevilha

Tablaos Flamencos

Os tablaos são um pouco controversos. Já vi muitos comentários de que são lugares onde vão grandes artistas e profissionais, mas normalmente, são mais direcionados aos turistas. Dizem que são espetáculos mais clássicos e comerciais, voltados pra imagem que o turista tem, diferente do moderno estilo que é dançado atualmente. Vou deixar aqui os que tem fama de serem muito bons (e carinhos): Tablao El Arenal (show e bebida 38€) e Tablao Flamenco Los Gallos (show e bebida 35€).

flamenco em Sevilha
Tablao El Arenal (Foto: Laura Zaino)

Bares com Tablaos

São parecidos ao tablaos, mas menos turísticos e com preços mais em conta. Um dos mais famosos é o Bar Lola de los Reyes. As apresentações são feitas sem microfone, deve ser bem bonito. E tem bares normais que de vez em quando fazem apresentações informais, com estilos diferentes do flamenco (sevillanas e flamenkito) e mais oba-oba. Alguns: Baraka, Casa Matias, Bodeguita Fabiola, Taberna Volapié, e La Carbonería

flamenco em Sevilha

Peñas Flamencas

As peñas são associações em que os participantes reúnem-se para se divertir, dançar e "estudar" o flamenco. Costumam reunir-se nos bairros longe do centro e nas festas vão sócios, gente do bairro, estrangeiros e qualquer pessoa com interesse pelo flamenco. Existem umas 80 peñas atualmente e a mais antiga é a Torres Macarena. Pra saber onde são os encontros, entra nesta página da Federação de Entidades Flamencas de Sevilha.

Salas e Teatros

Nesses espaços podem ter tanto espetáculos de flamenco quanto de qualquer outra coisa, são teatros! Um muito recomendado e que tenho vontade de ir é o mini-teatro CasaLa Teatro. Funciona num posto do Mercado de Triana, num dos bairros mais tradicionais de Sevilha e tem capacidade máxima pra 30 pessoas. Outro espetáculo com bastante prestígio que mistura o flamenco clássico com as novas tendências, e digamos, com um público mais refinado, é o da programação Jueves Flamencos (Quintas-feiras Flamencas) da Fundación Cajasol.

flamenco em Sevilha

Bienal de Flamenco

A cada 2 anos é realizado em Sevilha o maior festival internacional de flamenco do mundo. Vários lugares famosos da cidade se transformam durante semanas, no cenário de estreias de espetáculos, atuações de artistas consagrados e jovens talentos. Na Bienal de Flamenco há programações para tudo relacionado ao flamenco: novas propostas, tendências, cores e estéticas. O flamenco clássico e tradicional vive em harmonia com o experimental e de vanguarda. O próximo encontro da bienal vai ser de 6 a 30 de setembro de 2018.

Feria de Abril

E se você estiver na cidade em abril, vale muuuuuito a pena visitar a Feria de Abril. É uma festa/feira linda onde se respira toda a cultura flamenca. Eu fui e contei tudo no post Feria de Abril - Guia pra Aproveitar a Feira de Sevilha.

flamenco em Sevilha


Essas foram só algumas sugestões, com certeza há muitos outros lugares pra conhecer um pouco do flamenco em Sevilha. Se você tiver alguma sugestão ou se quiser contar sua experiência em algum destes lugares (boa ou má), coloca aí nos comentários! :)

E se quiser ideias do que ver em Sevilha em pouco tempo, dá uma olhada nesse outro post: Sevilha, Lugares Imprescindíveis.

Nenhum comentário

Back to Top