Honfleur - Uma Charmosa Cidadezinha na Normandia


Honfleur Normandia França

Quem for fazer turismo na Normandia (norte da França) verá muita coisa interessante e diferente. História medieval em Rouen e Saint-Michel, história da Segunda Guerra nas Praias do Desembarque, natureza em Étretat, arquitetura moderna em Le Havre, luxo em Deauville, arte impressionista em várias cidades... Isso só pra citar algumas localidades.

No meio a tantas cidades importantes está uma cidadezinha que é a minha preferida na região: Honfleur.

Localizada no estuário do Rio Sena, Honfleur tem cerca de 8000 habitantes e existe pelo menos desde 1027, quando já era um importante porto.

Mais recentemente, desde o século XIX o velho porto vem atraindo pintores de várias gerações, sobretudo os impressionistas.

O passeio por Honfleur pode ser feito em um dia ou menos. Toda a parte turística se concentra ao redor do porto ou bem perto dele.


Vieux Bassin (Velho Porto) – ao redor do porto há uma série de casas antigas dos séculos XVII e XVIII, juntas umas das outras, estreitas, de vários tamanhos e cores. Formam um conjunto muito bonito e charmoso junto ao porto. No térreo dessas casas funcionam restaurantes (principalmente de frutos do mar) e galerias de arte.  

Honfleur Normandia França
O porto de Honfleur num dia de verão.

Honfleur Normandia França



Lieutenance (Lugar-Tenência) – numa ponta do porto, está uma ruína do que foi a casa do tenente do Rei, uma espécie de prefeito no século XV.

Honfleur Normandia França
Essa cidade é ou não é charmosa? Mais um pintor eternizando as ruínas da casa do representante do Rei.


Musée de la Marine (Museu Marítimo) – ainda no porto, do lado oposto às casinhas, há uma antiga igreja que foi transformada em museu de objetos marítimos relacionados ao povoado. Não entrei e não sei se vale a pena, mas pelo menos por fora rende boas fotos!

Honfleur Normandia França
O porto e parecendo uma igreja, o Museu Marítimo.


Musée d’Ethnographie (Museu da Etnografia) – esse sim, tem cara de museu, pelo menos por fora. Entrando por um beco ao lado do museu marítimo, tem um edifício bem antigo de estilo normando. Parece que estamos de volta à Idade Média, nele é retratada uma casa normanda medieval.

Honfleur Normandia França
Entrada do Museu Etnográfico

Honfleur Normandia França


L’Enclos - Atravesse esse beco e dê um passeio pelo bairro antigo, é bem fofinho com muitas lojinhas de presentes, restaurantes e galerias de arte. E há três antigos armazéns de sal, que hoje funcionam como sala de exposições.


Bom, agora voltamos ao Vieux Bassin e vamos para a parte de trás dele.


Église Sainte Catherine (Igreja de Santa Catarina) – É a maior igreja de madeira da França. Foi construída pelos moradores no século XV para substituir uma igreja de pedra que foi destruída na Guerra dos Cem Anos. E ela tem outra particularidade: a torre do campanário, também de madeira, foi construída separada da igreja, supostamente para evitar incêndios que pudessem acontecer se algum raio a atingisse. Linda por fora e por dentro, vale muito a pena entrar! E apesar do tom escuro da madeira, ela é bem iluminada por vários vitrais.

Honfleur Normandia França
Igreja Santa Catarina, toda de madeira.

Honfleur Normandia França
Interior da Igreja Santa Catarina

Honfleur Normandia França
Campanário da Igreja Santa Catarina, que foi construído separado dela. A igreja está em frente.


Musée Eugène Boudin – pequeno museu dedicado ao famoso pintor impressionista, nascido em Honfleur. Costuma ter várias exposições com quadros importantes emprestados por outros museus.


Musée Satie – museu dedicado a outro ilustre morador, o compositor e pianista Erik Satie. Vou assumir minha ignorância, nunca tinha ouvido falar dele. Mas ele foi muito importante nos séculos XIX e XX. O museu pelo visto segue um pouco da sua personalidade, com um pouco de bizarrice e bom humor.

Isso é o principal do que ver em Honfleur, mas a gente sempre encontra algo mais que nos agrade.

Algumas dicas gerais sobre Honfleur


Honfleur Normandia França
Puro charme esse carrossel!

Honfleur Normandia França

  • Se não quiser entrar em nenhum atrativo e quiser só dar um passeio pelas ruas, indico também! Se tiver interesse em entrar em algum museu, dá uma olhada antes no horário, já que os museus franceses fecham pra almoço e cedo, mesmo na alta temporada (acho muito doido isso).

  • Quem gosta de arte e de comprar quadros e esculturas diferentes pra enfeitar a casa, vai babar com a quantidade e qualidade dos objetos. Mas já vou avisando que têm um preço salgado.

  • Aos sábados pela manhã tem feira ao ar livre que vende de tudo. E no verão, a cidade fica lotada.

  • A melhor maneira de ir a Honfleur é de carro, já que o transporte público em várias cidadezinhas na Normandia é pouco eficaz.

  • Desde Paris, dá pra ir em trem até Deauville ou Le Havre e depois pegar o ônibus Verts du Calvados linha 20 ou 50. Mas sem dúvida, o custo-benefício de alugar um carro compensa.

  • Já que você estará por Honfleur, dá pra atravessar a imponente Ponte da Normandia e visitar Le Havre, que está na parte norte da foz do Rio Sena. Mas aí, sugiro pelo menos dois dias na região. Quando falo atravessar a ponte, é em carro ou ônibus, e os mais valentes podem ir em bicicleta. A distância entre as duas é de 25 km.


Vai viajar pela França? Dá uma conferida nos preços dos hotéis com o nosso parceiro Booking!


Booking.com

Nenhum comentário

Back to Top